Animais : Um bombeiro salva 8 cachorrinhos de um incêndio mas percebe que não são cachorrinhos.

Um bombeiro salva 8 cachorrinhos de um incêndio mas percebe que não são cachorrinhos.

Bombeiros devem intervir com muita frequência em tais situações.

Publicado por Vamos lá Portugal em Animais

Um bombeiro salva 8 cachorrinhos de um incêndio mas percebe que não são cachorrinhos.

Resgatar animais é na maioria das vezes difícil e estressante.

Muitas vezes, o animal em questão está preso num lugar estranho podendo estar em sofrimento e todo o tempo conta para conseguir salvar a vida daquele ser vivo. Às vezes pode ser uma árvore, às vezes é um arbusto espinhoso – nos piores casos, os filhotes de alguma forma quando se afastam das suas mães acabaram em espaços apertados.

Nestas situações difíceis, precisamos de  contar com pessoas persistentes, precisas e muito cuidadosas. 

Talvez seja por isso que os bombeiros se dão bem quando se trata de ajudar animais presos.

Na semana passada, o capitão de bombeiros Brian Vaughan recebeu um telefonema que percebeu tratar-se de uma emergência.

Oito cachorros de cor preta tinham sido encontrados presos num esgoto. A pessoa que fez a chamada acreditava que uma ninhada de filhotes de labrador havia sido abandonada pelos donos.

Em menos de  20 minutos após a chegada dos bombeiros, todos os filhotes foram retirados com sucesso do esgoto.Os animais pareciam estar ilesos e foram levados para a Humane Rescue Organization na região de Pikes Peak.

Foi no local que os bombeiros perceberam que não tinham salvo filhotes de cães. Os filhotes pretos de raça labrador tinham-se transformado em animais de pelo vermelho.

Um dos veterinários disse: ‘Não, não são labradores, são raposas'”, explicou Vaughan à CBS em Denver. 

As raposas são extremamente comuns nas áreas em torno das Montanhas Rochosas, que é exatamente onde esta ninhada foi encontrada.

Travis Sauder, gerente de Parques e Vida Selvagem do Colorado, disse à CBS4 que não está surpreso que a ligação tenha sido feita aos bombeiros. Nem que as raposas tenham sido encontradas, em primeiro lugar.

“Nesta época do ano, há muitos animais que estão na época de dar cria e as mães costumam procurar esse tipo de esconderijos”, disse Sauder. 

Segundo Sauder, as raposas serão levadas de volta para o esgoto, na esperança de que sua mãe volte para cuidar delas.

“Esses animais serão colocados onde os encontramos, esperando que a mãe ainda esteja na área. Então ela poderá cuidar deles como faria se não tivéssemos intervindo. Se a mãe não estiver mais por perto, podemos levar os bebês a um local licenciado para reabilitá-los para viver na natureza”, explicou Sauder. 

Mal-entendidos envolvendo animais selvagens como esse não são incomuns, então é sempre melhor chamar um especialista para identificar o animal em questão antes de tentar agir por conta própria. Infelizmente, boas intenções podem piorar as coisas para animais selvagens em casos como este.~

Esperamos que esses filhotes de raposa estejam junto da sua mãe em pouco tempo. 

____

O que achou deste artigo? Partilhe o seu ponto de vista nos comentários, e partilhe com os seus amigos e familiares nas redes sociais…

Se estiver interessado nas últimas noticias sobre a atualidade, sobre famosos, comédia, animais, lifestyle ou sobre noticias viriais, siga-nos na nossa página no facebook Vamos lá Portugal.

Não hesite em deixar a sua opinião sobre a publicação. 

Fonte: Ayoyemonde · Crédito foto: Ayoyemonde

Goste/partilhe