Comédia : Um médico alentejano não consegue encontrar emprego…
Que acha? Deixe o seu comentário aqui.  

Um médico alentejano não consegue encontrar emprego…

Um médico alentejano não conseguia arranjar emprego em nenhum hospital, por isso decidiu abrir uma clínica e colocar um cartaz a dizer: “Qualquer tratamento por 20€. Se não ficar curado, devolvo 100€.” Ao ver a placa, um

Publicado por Vamos lá Portugal em Comédia
Partilhar no Facebook
644 644 Partilhas

Um médico alentejano não consegue encontrar emprego

Um médico alentejano não conseguia arranjar emprego em nenhum hospital, por isso decidiu abrir uma clínica e colocar um cartaz a dizer:

“Qualquer tratamento por 20€. Se não ficar curado, devolvo 100€.”

Ao ver a placa, um advogado achou que era a sua oportunidade de ganhar dinheiro, por isso entrou na clínica.

– Eu perdi o meu sentido do paladar. – disse o advogado ao médico.

Então, o médico alentejano diz:

– Enfermeira, traga o remédio da caixinha 22 e pingue 3 gotas na boca do paciente.

Depois disto, o advogado grita:

– Credo, isso é gasolina!

– Parabéns, recuperou o paladar. Dê-me 20€. – respondeu o médico.

Frustrado, o advogado regressa à clínica, determinado a recuperar o dinheiro.

– Eu perdi a minha memória, não me lembro de nada. – queixou-se.

– Enfermeira, traga o remédio da caixinha 22 e pingue 3 gotas na boca do paciente. – disse o médico.

– Novamente a gasolina? – questionou o advogado.

– Parabéns, você recuperou a memória. Dê-me 20€.

Irritadíssimo, o advogado paga e sai da clínica, para voltar passada uma semana.

– A minha visão está muito fraca, não consigo ver nada. – queixou-se o advogado.

– Bem, eu não tenho remédio nenhum para isso, por isso tome 100€. – disse o médico, entregando uma nota de 20.

– Mas isso é uma nota de 20! – exclamou o advogado.

– Parabéns, recuperou a sua visão. Dê-me 20€.

O terceiro ganha: 3 crianças conversam sobre qual pai é o mais rápido

À espera dos pais para ir para casa depois da escola, três meninos estavam a falar. O primeiro disse: “o meu pai é piloto de Fórmula 1, termina o trabalho às 17 e vem-me buscar às 17:15”.

Depois, o segundo menino disse: “isso não é nada, o meu pai é piloto de jato, termina o trabalho às 17 e vem buscar-me às 17:05”.

Então, o último menino olhou para eles e disse: “pfff… amadores! O meu pai trabalha para o governo, termina o trabalho às 17 e vem-me buscar às 16:45!”

____

O que achou deste artigo? Partilhe o seu ponto de vista nos comentários, e partilhe com os seus amigos e familiares nas redes sociais…

Se estiver interessado nas últimas noticias sobre a atualidade, sobre famosos, comédia, animais, lifestyle ou sobre noticias viriais, siga-nos na nossa página no facebook Vamos lá Portugal.

Não hesite em deixar a sua opinião sobre a publicação.

Partilhar no Facebook
644 644 Partilhas

Fonte: Anedotas
Crêdito foto: Anedotas

Goste/partilhe