Famosos : ​Cristiano Ronaldo já escolheu casa em Itália. Veja as primeiras fotografias

​Cristiano Ronaldo já escolheu casa em Itália. Veja as primeiras fotografias

Veja as fotos da próxima casa de CR7

Publicado por Vamos lá Portugal em Famosos
Partilhar no Facebook
882 882 Partilhas

Cristiano Ronaldo já escolheu casa em Itália. Veja as primeiras fotografias

Os últimos dias têm ficado marcados com as constantes noticias que dão conta que Cristiano Ronaldo está de partida para o clube italiano, Juventus.

A partida de CR7 para Itália faz com que este tenha de escolher um novo local para morar, e a imprensa Italiana avança com a que deverá ser a próxima casa de Cristiano Ronaldo. Fica situada na estrada San Vito Revigliasco, numa das colinas que rodeiam a cidade de Turim, a mansão que pode vir a ser de Cristiano Ronaldo tem qualquer coisa como 1.000 m2 de área, 3 andares, oito quartos, piscina interior, banho turco e duas entradas secretas.

Outros nomes conhecidos do futebol como Zinedine Zidane, o antigo treinador de Ronaldo no Real Madrid, e Fabio Cannavaro já lá moraram: na altura dizia-se que o preço diário de alugar a casa rondava os 35 mil euros.

Fica com algumas fotografias da mansão:

Outros artigos relacionados com Cristiano Ronaldo:

“E se Ronaldo se candidatasse a Presidente?” A resposta de Marcelo a Donald Trump que deixou todos de boca aberta

Marcelo Rebelo Sousa esteve com o presidente norte-americano na casa branco, num encontro que segundo o presidente português foi "caloroso".

Durante a conversa, Marcelo tentou criar uma especie de empatia com o presidente dos estados unidos ao lembrar  que Portugal tem lá o melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo. Embora não se tenha percebido se Trump sabia exatamente quem era o jogador português — o filho é que é suposto ser um grande admirador de “soccer” — mas o presidente dos EUA perguntou a Marcelo se achava que ele era assim tão bom. Depois tentou fazer a conversa regressar à política: 

“E diga-me, acha que um dia o Christian (SIC) se vai candidatar a presidente contra si?”

Marcelo sorriu, inclinou-se, e explicou-lhe que os sistemas nos dois países são diferentes.”Portugal não é bem os Estados Unidos da América”.

No final do encontro Marcelo Rebelo Sousa classificou o encontro como “caloroso do início ao fim” e não ficou nada por dizer:“não houve nada de relevante, daquilo que é convergente e daquilo que é divergente, que não fosse falado”.

No inicio Trump já tinha declarado aos jornalistas que “honra” receber o “popular” presidente de Portugal e Marcelo relembrou a a longa amizade entre os dois países, a importância da comunidade portuguesa nos Estados Unidos – Trump também sabia os números de cor: “são muito importantes, cerca de um milhão e meio”. 

Depois do encontro, o Presidente dos Estados Unidos publicou um vídeo na rede social twitter — que usa frequentemente como ferramenta para fazer política — onde diz que “foi uma grande honra” receber na Casa Branca o Presidente de Portugal.

Partilhar no Facebook
882 882 Partilhas

Fonte: dioguinho.pt · Crédito foto: dioguinho.pt

Goste/partilhe