Famosos : Manuel Maria Carrilho condenado a 8 meses de prisão!

Manuel Maria Carrilho condenado a 8 meses de prisão!

Carrilho condenado por agressão!

Publicado por Vamos lá Portugal em Famosos

O caso remonta a 2016 quando Manuel Maria Carrilho foi acusado de agredir o pedopsiquiatra Pedro Strecht. Foi nesta quarta feira que o tribunal condenou o ex-primeiro ministro  a oito meses de prisão por ofensa à integridade física qualificada e injúria agravada contra o pedopsiquiatra. 

No entanto Carrilho não irá enfrentar a prisão já que a pena foi convertida numa multa no valor de 2400€.

Foi precisamente no dia 22 de Janeiro do ano de 2016 durante o intervalo de uma das audiências (no processo de regulação de poder paternal que travava com Bárbara Guimarães) que o ex-primeiro ministro agrediu Pedro Strecht por não ter gostado do relatório apresentado pelo pedopsiquiatra em tribunal.

 Em causa estava o relatório que avaliava os seus dois filhos  Dinís, de 14 anos, e Carlota, de sete, fruto do casamento com Bárbara Guimarães.
Mais tarde Manuel Maria Carrilho pediu desculpas ao médico, alegando «pressão e descontrolo nervoso, por motivos da minha vida pessoal e familiar».

Adiantando que decidiu «espontaneamente« doar 1000 euros à FAMSER, uma associação apoiada ‘pro bono’ pelo conhecido pedopsiquiatra.

O médico aceitou o pedido e desistiu da queixa e do pedido de indemnização civil contra o ex-ministro. Justificou tal decisão alegando que Manuel Maria Carrilho fez uma «reparação condigna e pedido de desculpas pelo uso das expressões que lhe foram dirigidas pelo arguido». Expressões que reconhece como tendo sido proferidas por «negligência e desnorte no comportamento desabrido à saída da sala de audiência».

 As desculpas foram aceites mas o julgamento prosseguiu pois a ofensa à integridade física qualificada é crime público e agora terá de pagar o valor estipulado.

Fonte: www.vip.pt · Crédito foto: www.vip.pt

Goste/partilhe