Notícias : 4 Adolescentes a andar de skate vêem uma rapariga bêbeda com um “amigo do seu pai” – depois pressentem algo errado

4 Adolescentes a andar de skate vêem uma rapariga bêbeda com um “amigo do seu pai” – depois pressentem algo errado

Decisões assim mudam tudo.

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
270 270 Partilhas

4 Adolescentes a andar de skate vêem uma rapariga bêbeda com um “amigo do seu pai” – depois pressentem algo errado

Gostamos de pensar que agiríamos de uma certa forma em certas situações. Contudo, é muito diferente pôr esses pensamentos em prática.

Para quatro adolescentes do Canadá, só havia uma coisa a fazer quando presenciaram uma situação verdadeiramente aterrorizante com os seus próprios olhos. Numa noite como as outras, Arnaud Nimenya, Carsyn Wright, James Hielema e StarlynRives-Perez estavam a andar de skate num parque de estacionamento subterrâneo, quando encontraram algo que acharam estranho.

Viram um homem bem vestido a andar com uma rapariga de 15 anos; que parecia estar bêbeda e desconfortável. Em vez de ignorarem a situação, e continuarem a andar de skate, os quatro decidiram ficar atentos ao que se estava a passar. A ainda bem que o fizeram…

Era de esperar que quatro adolescentes canadianos não estranhassem de um homem a andar com uma rapariga de 15 anos bêbeda num parque de estacionamento subterrâneo. Especialmente depois de o homem dizer que era “amigo do pai dela”.

Carsyn Wright, um dos adolescentes, explicou: “Ela estava aos berros e a gritar. Ela queria sair dali. Estava toda suja.”

Então, os rapazes começaram a questionar o homem. Quando ele disse que era amigo do pai dela e estava simplesmente a cuidar dela, eles não sabiam o que fazer. A rapariga não o contrariou, por isso pensaram em ir-se embora.

“Não queremos acreditar que qualquer pessoa seja assim tão má. Não queremos que a situação seja real, queremos apenas ir embora e esperar pelo melhor”, continuou Wright.

No final, os jovens decidiram investigar melhor. Inicialmente, deixaram o homem e a rapariga saírem do parque de estacionamento, depois decidiram seguir o homem para terem certeza.

Afinal, o que fizeram foi milagroso. 

De acordo com a CBS, o homem estava a começar a assediá-la.

“Entrámos, e ao vermos algo assim, congelamos. Ficamos sem saber o que fazer”, disse Nimenya.

Assim que o choque passou, os quatro rapazes entraram em ação. O homem tentou fugir, mas foi perseguido por três dos adolescentes, enquanto um ficou atrás para ajudar a vítima.

“Ele tentou andar e afastar-se de nós”, disse Nimenya. “Ele empurrou-os agressivamente, e sorriu como se quisesse dizer, “Eu consigo. Não me conseguem impedir.”

Quando os três apanharam o homem, ele conseguiu roubar um dos skates, e estava a atacá-los com ele.

Apesar de muitas pancadas, os rapazes conseguiram mantê-lo ocupado até a polícia chegar.

Homem acusado de assédio sexual

A polícia apareceu para o prender e acusou-o de assédio sexual. Contudo, quando tentaram contatar os salvadores da rapariga, estes achavam que estavam em sarilhos.

Nimenya explicou: “Pensámos que íamos entrar em problemas, por termos lutado com ele. Quando nos telefonaram, não queríamos atender.”

Claro, quando a polícia os conseguiu contactar, foi para lhes agradecer pela coragem e pela ajuda prestada à comunidade. 

Com mérito, os quatro foram honrados na Chief’sAwards Gala em Calgary, no Canadá. É fantástico saber que ainda existem heróis assim, e que existem pessoas que impedem coisas terríveis como esta de acontecer, através de pressentimentos.

Partilhe este artigo com os seus amigos no Facebook, se você acha também que Arnaud, Carsyn, James e Starlyn são heróis!

Partilhar no Facebook
270 270 Partilhas

Fonte: Newsner · Crédito foto: Newsner

Goste/partilhe