Notícias : Avó chama a polícia pelo desaparecimento da neta de 5 anos: Depois os polícias descobrem algo chocante

Avó chama a polícia pelo desaparecimento da neta de 5 anos: Depois os polícias descobrem algo chocante

Os agentes ficaram atordoados.

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
145 145 Partilhas

Avó chama a polícia pelo desaparecimento da neta de 5 anos: Depois os polícias descobrem algo chocante

Manter as nossas crianças seguras é mais do que uma escolha; é um instinto natural.

Não há nada pior para um pai senão a ideia das suas crianças amadas serem magoadas, perderem-se, serem raptadas ou o seu simples sofrimento.

É por isso que estranhamos quando alguns pais* (não é esta a palavra certa) ignoram a responsabilidade de cuidar das suas crianças; porque algumas pessoas querem causar dor e sofrimento aos seus filhos.

Isto é o caso de uma menina de 5 anos, Angel, que foi salva pela sua avó. Tudo começou com uma chamada para a polícia, quando Linda Benskey sentiu que algo estava errado…

Linda Benskey não via a sua neta há alguns meses – algo que a tornava ansiosa.

Como solução, ela decidiu telefonar à polícia, e pediu-lhes para telefonar para a casa do seu meio-filho e da sua parceira, em North Carolina. Ela queria simplesmente a certificar-se se estavam bem, mas preocupava-se sobretudo com o bem-estar da pequena Angel. 

A polícia concordou e visitou a casa de Adam Byrd e de Crystal Carnahan. O que eles encontraram vai chocar todos.

Depois de procurar pela casa, os agentes encontraram Angel, com 5 anos, fechada num armário debaixo das escadas. Ela estava, alegadamente, coberta de sujidade e tinha algumas feridas, pois tinha sido agredida e queimada.

Tracey Harrell, a antiga ama da criança, juntou-se à polícia na busca. Aparentemente, ela disse à Fox 59: “As suas pequenas mãos estavam a tremer. Tinha o cabelo rapado, e o que não tinha sido rapado tinha sido arrancado, pois ela tinha marcas na cabeça.

“A sua cara estava suja e cortada. Ela tinha marcas no seu pescoço.” 

Angel estava irreconhecível da menina que tinha caracóis loiros e olhos azuis que brilhavam.

Os agentes não conseguiram descobrir a duração deste abuso, pois ela estava assim tão mal. Angel respondeu “Eu não sei”, quando lhe perguntaram a última vez que tinha comido.

A participação de Harrell foi genial, pois confortou Angel quando ela precisava. Assim que ela estava livre, a menina de 5 anos procurou Harrell.

“Ela agarrou-se a mim e abraçou-me. Estava com ela, e ela dizia repetidamente “por favor não me deixes, por favor não me deixes”, explicou Harrell. 

Desde então, Byrd e Carnahan foram acusados de abusar uma criança, negligência, e ataque com uma arma mortífera.

Entretanto, o irmão de Linda Benskey e a sua mulher, e a mãe biológica de Angel, estão a procurar a custódia da pequena. O trabalhador da DSS a quem foi atribuído o caso de Angel resignou-se e a sua supervisora foi despedida por “prestação extremamente má”.

Uau! Esta história podia ter um final muito pior. Graças à preocupação e à ação de Linda Benskey, Angel foi salva antes de ser tarde.

Fico triste ao ver como alguns “pais” tratam as suas crianças. Por favor PARTILHE esta história para ajudar todas as crianças que precisam de ajuda.

____

O que achou deste artigo? Partilhe o seu ponto de vista nos comentários, e partilhe com os seus amigos e familiares nas redes sociais…

Se estiver interessado nas últimas noticias sobre a atualidade, sobre famosos, comédia, animais, lifestyle ou sobre noticias viriais, siga-nos na nossa página no facebook Vamos lá Portugal.

Não hesite em deixar a sua opinião sobre a publicação. 

Partilhar no Facebook
145 145 Partilhas

Fonte: Newsner · Crédito foto: Newsner

Goste/partilhe