Notícias : Este bebé que nasceu viciado em drogas e com uma perna partida vive o inferno

Este bebé que nasceu viciado em drogas e com uma perna partida vive o inferno

Todos os detalhes no interior...

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
1,146 1.1k Partilhas

Este bebé que nasceu viciado em drogas e com uma perna partida vive o inferno

Chas Shira e a sua esposa Katie sabiam que ambos queriam começar uma família.

Numa entrevista com Love What Matters, Chas disse: "Conseguimos ver as necessidades das crianças em Longview, e sabíamos que muitas crianças precisavam de um teto e, como um jovem casal, concordamos que poderíamos oferecer um ambiente bom a uma criança que precisasse disso."

Então, em 2015, um menino de 2 meses em grande necessidade é enviado para o casal. 

O pequeno Jett teve um início de vida muito difícil porque a sua mãe tinha usado metanfetaminas durante toda a gravidez e, portanto, o bebé nasceu com drogas no organismo, bem como problemas de desenvolvimento diretamente associados a isso.

Mas pouco depois da chegada de Jett, Chas e Katie já estavam convencidos de que queriam adotar o pequeno Jett.

No entanto, o casal teria que superar vários obstáculos para manter Jett consigo.

Isto porque Jett precisava de cuidados muito especiais e, como o casal não tinha treino para fazê-lo, ambos os pais adotivos teriam que convencer as autoridades a, de alguma forma, contornar as regras, a fim de lhes dar uma oportunidade.

Além disso, como Jett tinha problemas ósseos por causa do uso de drogas da sua mãe, era impossível trata-lo como um bebé da sua idade normalmente seria tratado.

As primeiras semanas foram duplamente stressantes para os novos pais porque, para além de terem que se adaptar às novas vidas, também precisavam se adaptar às diferenças de Jett. 

Um ano depois de receber Jett em sua casa, o casal Shira anuncia que quer adotar oficialmente a criança.

Mas, ao mesmo tempo, os pais biológicos de Jett acabaram de sair da desintoxicação.

O caso terá que ser ouvido perante o juiz que eventualmente dará a custódia de Jett ao casal Shira.

No entanto, os pais e avós de Jett fazem outro apelo, mas mais uma vez as autoridades decidem dar custódia ao casal Shira.

Como Chas e Katie explicam, demorou 820 dias entre o momento em que Jett chegou a sua casa e aquela em que o casal tinha definitivamente a certeza de que poderia adotar o menino. 

Graças à determinação do casal, o pequeno Jett poderá contar com uma família equilibrada e desejamos que se mantenha longe das drogas e das más influências por muito tempo! 

Uma coisa é certa: Jett terá agora um irmãozinho ou irmãzinha nas próximas semanas.

Sim! Chas e Katie terão o primeiro filho biológico, mas isso não mudará o amor incondicional que sentem por Jett!

 

Partilhar no Facebook
1,146 1.1k Partilhas

Fonte: ayoyemonde · Crédito foto: ayoyemonde

Goste/partilhe