Notícias : Este jovem bronzeado tinha toda a sua vida pela frente. Contudo, num certo dia, entrou numa discussão com a namorada…

Este jovem bronzeado tinha toda a sua vida pela frente. Contudo, num certo dia, entrou numa discussão com a namorada…

Mulher derrama ácido no seu namorado.

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
607 607 Partilhas

Este jovem bronzeado tinha toda a sua vida pela frente. Contudo, num certo dia, entrou numa discussão com a namorada…

Daniel Rotari, um jovem de 31 anos tinha tudo: Um sorriso simpático e atraente, um corpo de luxo, um bom emprego, bons amigos e uma namorada. Por estas razões, não é de estranhar que a sua namorada, Kathy, sentisse inveja, o que dava origem a muitas discussões. Rotari nunca imaginaria que, em tanto pouco tempo a sua vida ia mudar, e não para o bem.

Certo dia, após uma grande discussão, a sua namorada decidiu arrancar o problema pela raiz. Veja de que forma ela o fez! 

Na noite antes do acidente, Daniel tinha discutido de novo com Kathy. Decidiu então que ia mudar de casa. Após esta decisão, ele foi dormir.

Contudo, ao acordar ele sentiu queimaduras terríveis em todo o corpo. A mulher tinha despejado meio litro de ácido sulfúrico na sua cara, em 96%! 

Daniel lembra-se que no início, ele pensava que era apenas água a ferver. Apenas umas gotas chegaram à sua boca, e só então apercebeu-se da gravidade da situação.

Quase de imediato, os seus olhos desapareceram, e tudo à sua volta ficou branco, como se estivesse numa nuvem de fumo. Pouco depois, ele desmaiou.    

Durante as próximas cinco semanas, Daniel encontrou-se em coma, numa cama do hospital. Quando o seu pai o contou o que se tinha passado, foi-se embora com ele.

Ao ver as feridas do seu filho, o homem idoso chorou como um bebé. O pai quase não reconheceu o filho, devido às suas queimaduras e cicatrizes! 

Ao acordar do coma, Daniel encontrava-se num pesadelo. O jovem estava completamente cego e sofria de dores horríveis. Até ponderou o suicídio.

A polícia foi atrás da namorada de imediato. Dadas as circunstâncias do incidente, e os danos causados à vítima, Kathy foi imediatamente presa. Agora, a mulher enfrenta uma pena de prisão perpétua, com o direito de recorrer antes dos 17 anos. 

Durante a investigação, várias coisas desagradáveis foram descobertas. Por exemplo, a mulher tinha 51 anos, em vez dos 36 que afirmava ter.

Para além disso, já pensava em usar o ácido há algum tempo. Ela já o tinha testado com uma salsicha, para ver como reagiria com o corpo humano, utilizando luvas durante a experiência, como é óbvio… 

Hoje, apesar de tudo, Daniel está bem. Quem diria que um jovem desfigurado iria encontrar o seu amor verdadeiro no hospital?

Anna, a enfermeira que cuidava dele, diz que se apaixonou por ele nos primeiros dias da sua amizade. E então, quando Daniel se conseguiu levantar, o casal saiu no seu primeiro encontro à cidade! 

“Antes, tinha o diabo ao meu lado, agora tenho um anjo de verdade”, disse o rapaz, deslumbrado. Os amantes estão já a pensar no casamento e na sua futura família. De acordo com Anna, as cicatrizes de Daniel não a assustam nem a confundem, e a vítima, pode viver com a mulher que o impediu de cometer suicídio! 

Até hoje, Daniel já foi operado 14 vezes, e tem planos para continuar com as operações no futuro. Contudo, as suas maiores preocupações estão com a sua mãe, que vive noutro país.

A sua mãe ainda não o viu após o incidente, e Daniel teme que ao ver as suas feridas, ela sofra um ataque cardíaco!

As pessoas têm opiniões divididas sobre o incidente e o veredito. Alguns acham que a pena foi adequada. Outros, acham que após os 17 anos, Kathy poderá viver facilmente com uma amnistia, contudo, nada será o mesmo para Daniel!

O que achou deste artigo? Partilhe o seu ponto de vista nos comentários, e partilhe com os seus amigos e familiares nas redes sociais…

Deixe a sua opinião sobre a publicação

Partilhar no Facebook
607 607 Partilhas

Fonte: Qué pasada · Crédito foto: Qué pasada

Goste/partilhe