Notícias : ​Turquia pondera a castração química para pedófilos

​Turquia pondera a castração química para pedófilos

O que diz sobre este “tratamento” para pedófilos?

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
540 540 Partilhas

Turquia pondera castração química para pedófilos

O governo turco está a ponderar introduzir a castração química como punição para pedófilos apos uma série de relatos de abuso sexual de crianças.

Os comentários do ministro que estão a gerar polémica aconteceram um dia depois de o governo decidir criar um comité para lidar com os muitos casos de abusos a menores que estavam a acontecer.

Abdulhamit Gul confidenciou aos jornalistas que no caso da medida ser aprovada os tribunais iram ter o  poder de decidir se as pedófilos iriam receber medicamentos para "acabar" com os seus desejos sexuais.

Se essa decisão for em frente, os criminosos sexuais são obrigados a participar em programas de tratamento.Serão também impedidos de se aproximar da área onde a vitima trabalha ou vive e não pode trabalhar em sítios que possam estar em contacto com crianças.

A República Tcheca é por exemplo um país que pratica a castração cirúrgica em casos de crimes sexuais, outros praticam a castração química.

Apesar de receber muitas críticas, o país parece não ter planos de modificar a lei que estabelece a castração, vista não como uma punição, porém, como um tratamento para evitar reincidência de atos sexuais criminosos.

Um criminoso que é acusado e preso por crime sexual tem a opção de escolher ser castrado e, assim, ter o direito de voltar para vida social, ou seja, ganhar a liberdade, fato que por si só, para quem é contra o ato, implica que a decisão não é voluntária, já que o criminoso vê a cirurgia como possibilidade de voltar à liberdade.

Partilhar no Facebook
540 540 Partilhas
Goste/partilhe