Notícias : Um casal homossexual é esfaqueado em frente a um bar porque estava de mãos dadas.

Um casal homossexual é esfaqueado em frente a um bar porque estava de mãos dadas.

Um ataque totalmente gratuito.

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
3,457 3.5k Partilhas

Um casal homossexual é esfaqueado em frente a um bar porque estava de mãos dadas.

Um casal homossexual foi encontrado na rua, deitado no seu próprio sangue, depois de uma besta furiosa os ter esfaqueado porque estavam de mãos dadas.

Os dois amantes, Christopher Huizar, de 19 anos, e Gabriel Enrique Roman, de 23 anos, estavam a voltar para casa depois de passar a noite num clube noturno chamado The Church, em Denver, quando foram alvo deste cruel ataque no último domingo.

Um homem branco terá gritado um insulto homofóbico aos dois homens antes de esfaqueá-los em vários lugares, incluindo as costas, o pescoço e as mãos. 

Segundo Huizar, o casal não fez nada de errado, exceto dar as mãos.

Ainda de acordo com Huizar, o casal fugiu após o ataque, mas apenas alguns instantes depois os dois homens perceberam que os seus ferimentos eram muito piores do que poderiam imaginar.

Huizar diz que ele foi gravemente ferido na mão enquanto o seu companheiro, Roman, mostrou sinais de perda de sangue significativa.

Os dois homens perderam a consciência no estacionamento de um 7-Eleven.

Testemunhas que compareceram ao local correram para contactar os serviços de emergência em busca de ajuda. 

Roman sofreu feridas profundas e, a fim de curá-lo, ele teve que levar 30 pontos no corpo, para além de 52 outros pontos em sua mão.

Um suspeito cujo nome não foi revelado foi preso em conexão a esta história simplesmente revoltante.

Huizar não esconde que, a certo ponto, teve muito medo de ver o namorado Roman morrer diante dos seus olhos. 

O Departamento da Polícia de Denver agora tem que determinar se o motivo do crime foi de facto homofóbico, porque, nesse caso, o suspeito pode ser acusado de crimes de ódio.

A polícia também anunciou que estava a investigar para ver se mais acusações poderiam ser feitas contra o suspeito.

O casal disse que conseguiu recuperar fisicamente, mas uma sombra ainda paira sobre eles, porque ainda não fizeram as pazes com o medo que sofreram. 

No entanto, o casal admitiu ficar aliviado quando soube que o suspeito tinha sido preso pela polícia.

Vamos torcer para que o casal nunca experiencie um acidente assim novamente e que a justiça desencoraje outras pessoas que estivessem tentadas a fazê-lo.

Partilhar no Facebook
3,457 3.5k Partilhas

Fonte: ayoyemonde · Crédito foto: ayoyemonde

Goste/partilhe