Notícias : Uma mãe tem relações no hospital com o homem que matou o seu bebé.

Uma mãe tem relações no hospital com o homem que matou o seu bebé.

Completa loucura

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
714 714 Partilhas

Uma mãe foi surpreendida em relações sexuais num hospital com o homem que matou o seu bebé, agitando-o de forma abusiva. De acordo com o que foi relatado, ela estava num momento íntimo com o homem justamente quando os médicos anunciariam que estavam prontos para desligar a criança das máquinas.

Catherine Davidson e Gordon McKay estavam a fazer sexo, quando foram interrompidos pela equipe de médicos que tinha más notícias para lhes anunciar. A pequena Hayley estava em estado crítico depois de ter sido violentamente sacudida pelo namorado da mãe e, infelizmente, a equipe médica não pôde mais salvá-la.

De acordo com o que foi relatado durante o julgamento, ela parecia mais preocupada com o bem-estar donamorado do que com o da sua filha moribunda. Ela estava com a menina quando ela respirou por último, mas rapidamente pediu para regressar ao namorado apenas alguns minutos após a morte. A relação entre o homem e a mulher foi descrita como "obsessiva" nos procedimentos. 

A mãe deixou a filha aos cuidados do namorado no dia da tragédia, e o homem levou o bebé à morte, sacudindo-o várias vezes violentamente. Ele então contatou Catherine para lhe dizer que havia uma emergência em casa e quando ela chegou lá, a criança estava inconsciente. 

Investigações posteriores mostraram que Hayley estava a sangrar no cérebro e que tudo era resultado do abuso que ela sofrera.

No passado, ela tinha sido hospitalizada por uma fratura no braço logo após o início do relacionamento da mãe com Gordon McKay. Este último alegou então que ele era responsável, mas que foi um acidente. A equipe do hospital não achou necessário investigar a lesão e a criança foi reintegrada ao ambiente doméstico sem acompanhamento. 

McKay declarou-se culpado das acusações, mas afirma que isto foi um acidente e que não foi intencional da parte dele.

Partilhar no Facebook
714 714 Partilhas

Fonte: Ayoyemonde · Crédito foto: Ayoyemonde

Goste/partilhe