Notícias : Uma professora deixa o emprego para se tornar dominadora a tempo inteiro.

Uma professora deixa o emprego para se tornar dominadora a tempo inteiro.

Ela mora com o marido e com o seu “escravo”

Publicado por Vamos lá Portugal em Notícias
Partilhar no Facebook
53 53 Partilhas

Uma professora deixa o emprego para se tornar dominadora a tempo inteiro.

Uma mulher revelou como ela passou de uma vida normal e ordenada para uma dominatrix em tempo integral. De fato, a mulher vive hoje na companhia de dois escravos do sexo masculino que obedecem a todas as suas ordens.

Dahlia Rain tinha 35 anos quando a sua vida fez uma reviravolta engraçada.

A jovem era então casada e ganhava a vida como professora, mas estava a ficar entediada nessa pequena vida perfeita e foi a partir daí que se interessou pelo meio fetichista.

A mulher de New Jersey disse à Barcroft TV: "Toda a gente acaba por descobrir um fetiche em algum momento das suas vidas, eu vivi a vida de uma mulher durante um tempo, mas esse não era o meu fetiche, não era o suficiente, eu precisava de mais estímulo e o tipo de coisas que eu precisava não agradava ao meu ex-marido ".

A mulher continua: "Eu comecei a sair com pessoas mais marotas e festas fetichistas tornaram-se uma parte importante da minha vida".

Agora ela mora com dois escravos a quem ela dá ordens ao longo do dia. Ela fá-los realizar todas as tarefas e dá-lhes recompensas em troca dos seus serviços.

Além dos seus dois escravos, Dhalia tem um namorado de 41 anos e vive muito bem com a idéia de saber que a companheira tem dois escravos em casa.

Para aqueles que se perguntam qual é a diferença entre o namorado de Dhalia e os seus dois escravos, a equação é simples. De fato, Dhalia explica que ela não faz sexo com os seus escravos e que isso é reservado apenas para o seu namorado John. 

Dhalia diz que os usuários da Internet muitas vezes lhe pedem favores, como ficar amarrado a uma cama durante um dia inteiro, mas, como explica a dominadora, esse não é o tipo de prática que ela gosta.

Além disso, Dhalia especifica que não há troca de dinheiro entre os seus escravos e ela.

No entanto, como Dahlia revela, os seus escravos às vezes usam o seu próprio dinheiro para fazer comissões, mas a dominatrix insiste que ela não é paga para dominar os seus dois escravos. 

Dahlia recebe regularmente clientes que pagam por sessões de dominação de uma hora e, uma vez terminado o período, eles devem sair.

Segundo o namorado de Dhalia, frequentar uma dominadora tem muitas vantagens. John explica: "No verão ou na primavera, quando o tempo está bom, Dhalia e eu divertimos-nos no telhado para apanharmos um pouco de sol". Champanhe ou uma bebida fria seria perfeito, a minha namorada só tem que chamar um dos seus escravos e, alguns minutos depois, recebemos o nosso pedido como desejado.

Finalmente, quando alguém pergunta a Dhalia que tipo de recompensa ela oferece aos seus escravos, a sua resposta pode ser muito surpreendente!

De fato, quando os seus escravos têm direito a uma recompensa, eles podem ter permissões especiais, como dormir ao pé da cama de Dhalia.

Aqui está um reportagem sobre esta mulher e a sua vida fora do comum: 

Partilhar no Facebook
53 53 Partilhas

Fonte: Ayoyemonde · Crédito foto: Ayoyemonde

Goste/partilhe